Por Compro Ouro BH Publicado em: 24/dez/2019

É comum encontrarmos pessoas que desejam vender peças fabricadas em prata, no entanto, no mercado, existem diversos produtos que parecem, mas não são de prata — esse tipo de elemento, em geral, conta apenas com a tonalidade da prata, porém se trata de metal ou aço com um leve banho desse material. Por isso, é fundamental saber como identificar peças de prata.

Existem uma série de fatores que devem ser comprovados para determinar a originalidade do exemplar. Você deseja saber mais detalhes sobre os objetos de prata e como identificar sua procedência? Continue a leitura e confira!

Quais são as características da prata?

Além das joias, os itens mais comuns de encontrarmos a prata são faqueiros, travessas, baldes, copos, entre outros utensílios domésticos. Entretanto, é preciso ter em mente que muitos deles são feitos em alpaca e somente banhados à prata. Neste caso é comum encontrar inscrição “alpaca” indicando o material de construção.

Já as peças fabricadas em prata têm um contraste — uma espécie de “carimbo” que aponta a quantidade de prata pura utilizada na fabricação — indicando o teor de seu material. Em peças nacionais, o teor mais comum é o 9%. Neste caso, o numeral carimbado é o 90. Isso ocorre porque o teor é medido sobre 1000%.

É a quantidade de prata pura que determinará o valor que deve ser pago pelo produto. Quando se tratam de joias, as ligas mais utilizadas são as de teor 925 e 950. Neste caso, teremos de 92,5% à 95% de prata pura na liga, sendo o restante composto normalmente por cobre — apesar de o cobre ter coloração bem avermelhada, a prata se mantém com a sua cor característica.

Como avaliar a qualidade e originalidade das peças?

Quando adquirimos uma joia ou outro item de prata, a primeira coisa que deve ser levada em consideração é a qualidade e originalidade da peça. Veja, a seguir, alguns pontos para ficar atento ao procurar identificar peças de prata.

Busque por fornecedores de confiança

Uma das maneiras mais práticas e seguras de identificar peças de prata é, sem dúvidas, comprá-las de fornecedores de qualidade, reconhecidos no mercado e que forneçam um certificado de garantia do produto. Ao adquirir joias de fornecedores de confiança, o consumidor tem a certeza da autenticidade de sua peça e evita problemas futuros.

Verifique o selo de garantia

Determinados países tem como norma a identificação do material na própria peça de prata, por isso, antes de realizar qualquer outro teste, é importante verificar com um olhar atento, em busca desse selo de qualidade.

Uma das marcações mais comuns é a de peças em prata 925, ou seja, com 92,5% de prata pura e 7,5% de liga, uma vez que se trata de uma das melhores purezas para fabricação de joias, pois apresentam brilho intenso e um ótimo grau de dureza. É preciso, sempre que for adquirir uma nova joia em prata, tomar esse cuidado, sendo que, em geral, a referida numeração fica gravada no interior das joias.

Atente-se ao magnetismo

As pessoas que tem um ímã forte e potente em casa podem descobrir, por meio do magnetismo, se a sua peça é de prata. Para tanto, basta pegar a joia e passar em cima do ímã — se o item for atraído pelo magnetismo, a peça não é genuína, pois a prata é paramagnética. É válido ressaltar que testes com ácidos, água sanitária e objetos pontiagudos não são recomendados, pois podem danificar o objeto.

Verifique a extremidade das peças

Peças banhadas apresentarão nas extremidades uma coloração diferente. O desgaste natural das peças, sejam joias ou itens domésticos acabam por “revelar o verdadeiro material de fabricação.

Em se tratando de talheres, baixelas e outros itens domésticos, o mais comum é que sejam feitos de alpaca, como já destacamos. Nestes casos a peça apresentará um tom amarelado nas extremidades, o que indica que não são se prata.

Quando falamos de joias possivelmente fabricadas em prata, o mais comum é que abaixo do banho exista uma camada de cobre. Portanto, se a peça apresentar tons avermelhados, podemos deduzir que se trata somente de um banho.

Consulte um especialista

Sempre é aconselhável consultar um especialista, como o joalheiro ou o avaliador de joias, para testar a autenticidade das peças, afinal, apenas um profissional que trabalha com joias pode garantir, de maneira precisa e confiável, a sua autenticidade.

A avaliação deve ser feita na presença do cliente, assim como a autenticidade e o valor da peça podem ser informados na hora da análise, sem qualquer custo de avaliação. Apenas se o cliente concordar com o valor de avaliação e tiver interesse em realizar a venda, o negócio deverá ser fechado.

Agora que você já sabe como identificar peças de prata, lembre-se de sempre adquirir novas joias de fornecedores de confiança. E, se você tem interesse em vender ou comprar prata, ouro ou platina, não perca tempo e entre em contato conosco!


Por Compro Ouro BH Publicado em: 24/dez/2019

Receba nossas dicas