Por Compro Ouro BH Publicado em: 02/out/2019

Muitos clientes perguntam qual é o valor de um diamante. No entanto, em um primeiro momento é difícil avaliar o preço da gema, uma vez que não temos como responder sem estar com a pedra preciosa nas mãos.

A avaliação de uma pedra preciosa envolve diversos itens como o tamanho, o tipo, a cor do diamante, assim como a qualidade da lapidação, a existência ou não de inclusões, lascas ou defeitos. Quanto mais perfeito for a gema, melhor será o valor obtido por ela.

Mas mesmo tirando nota 10 nesses requisitos, a gema ainda pode ter uma grande variação no preço em razão da cor, conforme já foi dito acima. A coloração do diamante é tão importante que uma pedra com as mesmas características pode custar 10% do valor de outra.

O FAMOSO DIAMANTE BLUE MOON

Ficou interessado no assunto? Continue a leitura para saber mais!

Diamante branco

Os diamantes brancos, ou totalmente sem cor, têm um preço maior que o diamante amarelo. Isso acontece porque quanto mais translúcida a pedra, mais perfeita ela é. Mas nem sempre essa é a regra.

O diamante azul, por exemplo, pode atingir um preço exorbitante em razão da sua coloração, como aconteceu com o Blue Moon. Já o diamante rosa também tem grande valor, ao tempo que a versão negra da pedra não atinge bons preços.

O mais comum é que o diamante seja branco, leia-se transparente, e quanto mais transparente melhor. No caso das gemas brancas, é comum que tenham uma tonalidade um pouco mais amarelada, sendo o caso do valor da gema cair à medida que o diamante se aproxima da cor amarela.

Diamante amarelo

Os diamantes amarelos são as versões mais comuns da gema preciosa, sendo formadas quando os traços de nitrogênio estão presentes na pedra. Apenas a concentração de 0,10% de nitrogênio não chega a ser o suficiente para transformar um diamante incolor em um amarelo.

A coloração do diamante amarelo pode variar da tonalidade marrom amarelado para um amarelo vibrante e intenso. Os mais brilhantes tendem a ser os mais desejados e valiosos se comparados aos tons mais acastanhados.

Em geral, os diamantes amarelos, principalmente os de tonalidades castanhas, podem ser mais acessíveis e também são os diamantes coloridos menos caros.

Diamante laranja

Do mesmo modo que os diamantes amarelos, as gemas laranjas recebem esse nome por conta do nitrogênio presente em seu interior. Entretanto, para produzir a cor alaranjada, os átomos precisam estar alinhados de maneira precisa e incomum.

Isso os tornam incrivelmente raros, sendo que somente minas na Austrália e na África já produziram diamantes laranjas. No ano de 2013, o maior diamante laranja do mundo foi vendido pelo extraordinário valor de 35,5 milhões de dólares e pesava 14,82K — quase 3 vezes maior do que qualquer outro diamante laranja já encontrado.

Diamante azul

Ao apresentar traços do elemento boro, o diamante adquire a bela tonalidade azulada. Dependendo da concentração de boro, o diamante pode ir do azul claro ao escuro, além de apresentar uma vasta gama de tons verde-azulado.

Um dos diamantes mais famosos do mundo, o Hope, é uma gema azul considerada uma das mais valiosas de todos os tempos. O diamante azul está avaliado em 200 milhões de dólares e, atualmente, pertence ao Institute Smithsonian, nos Estados Unidos.

Outro diamante azul que merece destaque é o conhecido Blue Moon, cujo valor chegou a 48,4 milhões de dólares em 2015, quando foi vendido. A curiosidade a respeito dessa gema se deve ao fato de que ela pesa apenas 12K, ou seja, cada quilate custou cerca de 4 milhões!

Diamantes vermelho e rosa

Sabe-se que o valor de um diamante é dado conforme a sua raridade. Por exemplo, entre as pedras coloridas, o vermelho é considerado o mais raro do mundo e são encontrados somente nas minas da África, Austrália e Brasil.

Ao contrário de outros diamantes coloridos, a versão vermelha ou cor de rosa da gema apresenta certa particularidade em sua estrutura, e não a presença de impurezas, como algumas pessoas acreditam.

Os diamantes vermelho e rosa são tão raros que apenas cerca de 20 ou 30 pedras já foram descobertas, por isso eles são considerados os mais valiosos do planeta. O maior de todos é o Moussaieff Vermelho, descoberto em Minas Gerais, que foi vendido no ano de 2001 pelo valor astronômico de 10 milhões de dólares.

Ao longo do texto, você pôde conferir como a cor do diamante influencia no valor de venda da pedra. Sendo assim, na hora de vender as suas gemas, você vai poder saber se o preço dado ao diamante é justo ou não!

Se gostou do post, assine a newsletter da Compro Ouro BH e fique por dentro das nossas novidades!

Abaixo é possível ver uma tabela de classificação de cores de brilhantes.


Por Compro Ouro BH Publicado em: 02/out/2019

Receba nossas dicas