Por Compro Ouro BH Publicado em: 11/dez/2013

Conservação de joias

Joias são acessórios que conferem beleza e sofisticação ao visual, independentemente da época em que são usadas! Desde a Antiguidade, elas exercem fascínio entre homens e mulheres que se encantam pelo luxo e poder que exercem.

Por serem atemporais, as joias devem ser bem cuidadas a fim de se manterem sempre belas e brilhantes. Mas, afinal, como conservar joias de modo que elas permaneçam intactas com o passar dos anos?

A seguir, descubra dicas valiosas de conservação de joias que preparei para você!

Evite contato com produtos químicos

A conservação de joias começa com o seu uso correto. Colocá-las no momento adequado também é um cuidado. Para as mulheres, por exemplo, que em ocasiões especiais utilizam perfumes e maquiagens, é indicado fazer uso desses itens ou similares antes de colocar as joias, porque os produtos químicos podem danificá-las, especialmente no caso de joias com pérolas.

Quando for ao cabeleireiro, por exemplo, tire seus brincos para que eles não tenham contato com os produtos usados em banhos e tinturas. Até a escova pode danificá-los e riscá-los.

No caso da prata, o indicado é tocá-la o mínimo possível, pois o óleo natural da pele pode retirar o brilho das joias, deixando-as com a aparência opaca. Dessa forma, a conservação da prata vai ficar comprometida.

Use as Joias em locais e condições apropriadas

As joias usadas em momentos apropriados têm menos chance de estragar. Se usar pulseiras e relógios, coloque-os no braço que costuma movimentar menos.

Ao fazer algumas atividades do dia a dia, como cuidar do jardim, lavar louça ou roupa, praticar atividades físicas, tomar banho ou, ainda, entrar na piscina ou mar —mesmo com relógios à prova d’água —, retire as joias, inclusive as de pérolas e as com pedras preciosas. Ademais, elas não podem ter contato com areia, bronzeadores e loções!

Solventes químicos, calor e umidade também são prejudiciais às joias. Cuidado ao usar anéis, pois as pedras e diamantes podem lascar ou quebrar se baterem contra uma superfície dura.

Lave com água e sabão neutro

A melhor maneira de limpar as joias é lavá-las com água e sabão neutro. Então, escolha o lado macio da esponja e despeje um pouco do sabão. Em seguida, passe delicadamente sobre a peça, sem fazer fricção.

Enxague uma por uma com água fria ou morna, lembrando que a água quente pode danificar a joia e, consequentemente, roubar o seu brilho original.

Outro modo de lavar as joias é colocá-las em um recipiente com água morna e um pouco de sabão de coco. Deixe a solução agir por alguns minutos e retire as peças.

Seque as joias de maneira delicada

Na hora de secar a joia, utilize uma flanela seca e limpa ou um chumaço seco de algodão. Primeiro, seque o metal que circunda a peça e, depois, seque as pedras preciosas ou as pérolas. Não utilize movimentos fortes ou bruscos demais.

Jamais use esponja de aço para lavar joias, assim como não se deve deixá-las secando debaixo do sol. Tais ações podem riscar e manchar os acessórios de modo irreversível!

Separe as joias por categorias

A dica é separar as joias por categorias. Isso significa que você deve guardar as peças de acordo com os tipos e materiais. Desse modo, os elementos não vão ficar misturados, além de facilitar a localização no momento que quiser usá-las. Confira:

  •  os anéis, os brincos, as pulseiras, os braceletes, os colares e as correntes devem ser separados em compartimentos diferentes uns dos outros;
  • os relógios devem ser guardados separadamente em suas embalagens originais;
  • se for guardar todas as peças juntas, guarde ouro com ouro, prata com prata, assim como pedras com pedras e pérolas com outros adereços feitos com pérolas;
  • os adereços preciosos devem ser mantidos em lugares seguros, sem umidade e longe do calor.

O ideal é que cada joia seja guardada em sua embalagem original, pois ela é feita exclusivamente para acomodá-la de maneira correta. Mas caso você não tenha mais as embalagens originais, saiba que as joalherias costumam vender objetos para guardar joias, como caixas e sacolas específicas.

Não deixe cair no chão

Ao cair no chão, as joias podem quebrar, riscar ou mesmo perderem elementos preciosos, como gemas e pérolas. Portanto, tome muito cuidado ao manuseá-las e não use as peças caso elas estejam com os fechos quebrados, pois você pode perdê-las ou, ainda, quebrá-las. Peça ao joalheiro para consertar o acessório antes de usar!

Todas as dicas de conservação de joias são importantes para que elas mantenham a beleza e o brilho original. Ademais, elas poderão passar de geração para geração sem que haja avaria alguma.

Também é relevante mencionar que, caso queira vendê-las, uma joia em bom estado de conservação terá mais possibilidades de revenda. O avaliador de joias vai examiná-las de modo cuidadoso, analisando se há riscos, manchas ou se está faltando alguma parte do acessório.

Se você seguir as dicas de como conservar joias, não vai precisar se preocupar. Elas vão estar sempre intactas, brilhantes e poderosas como devem ser. Então, aproveite as orientações que eu trouxe neste post para ostentar os mais belos adereços. Afinal, joias são joias!

Se você gostou deste artigo sobre conservação de joias, entre em contato com a empresa Compro Ouro BH e saiba mais sobre as novidades e os serviços que ela oferece!


Por Compro Ouro BH Publicado em: 11/dez/2013

Receba nossas dicas