A nova corrida do Ouro em Pontes e Lacerda MT

O Brasil assistiu a duas grandes corridas do Ouro.

A primeira corrida do Ouro remota aos tempos do Brasil colônia (veja mais em: https://www.comproourobh.com.br/o-ouro-no-brasil/) e começou aqui nas Minas Gerais.

A segunda Corrida do Ouro, aconteceu no Pará e se tornou mundialmente famosa como a lenda da montanha de Ouro. Serra Pelada, como era conhecida, foi o maior garimpo a céu aberto do mundo e atualmente a montanha deu lugar a um grande lago (veja mais em: https://www.comproourobh.com.br/serra-pelada/).

Mas será que viveremos a terceira grande corrida do Ouro? Pelo menos é o que parece.

Nos últimos dias têm circulado nas redes sociais e na internet a existência de uma possível segunda Serra Pelada só que agora o destino é o Estado do Mato Grosso, mais especificamente no município de Pontes e Lacerda.

Pontes de Lacerda já esteve no mapa da exploração de Ouro no Brasil até o início da década de 90 quando esta atividade entrou em declínio.

De lá pra cá a economia da cidade se estabeleceu na produção agrícola, principalmente de gado de corte.

Acontece que um fazendeiro, à cerca de 20 dias, “descobriu” uma grande quantidade de Ouro na sua fazenda que fica próxima à Pontes e Lacerda.

Rapidamente a notícia se espalhou e fotos de grandes pepitas circularam por todo País.

Pepitas-Ouro-Pontes-Lacerda_Corrida_OURO

ALGUMAS FOTOS DE PEPITAS QUE TERIAM SIDO EXTRAÍDAS EM PONTE E LACERDA.

Da noite para o dia, mais de 2 mil pessoas se deslocaram para lá em busca do Ouro.

A descoberta aparentemente é real mas antes que você entre no carro e saia correndo com uma picareta à tira colo para Pontes e Lacerda é importante saber que a coisa não é tão simples.

Garimpo_OURO-Pontes_Lacerda

GARIMPEIROS ACAMPADOS NA FAZENDA ONDE SE ACREDITA, EXISTE A “NOVA SERRA PELADA”.

Apesar do Fazendeiro ter descoberto o Ouro, o subsolo é registrado em nome de uma empresa mineradora e os direitos de exploração são dela.

O Exército Brasileiro já se deslocou para lá com o objetivo de assegurar a paz e a ordem ainda mais porque o município está muito próximo da fronteira como Bolívia.

O batalhão de fronteira também está em alerta mas até o momento não registrou nenhuma ocorrência.

Agora é ver o desdobramento da nova corrida do Ouro.

Acreditas-se que a empresa detentora dos direitos de exploração consiga na justiça a desocupação da área.

Abaixo o vídeo registra a quantidade de carros de garimpeiros que se deslocaram para a propriedade

https://www.youtube.com/watch?v=G7zOB_1F1wo