Não sabe como escolher um anel de noivado? Então aproveita e pega essas dicas de ouro para a hora da compra!

É um momento interessante quando você descobre que escolher o anel pode ser mais difícil do que fazer o pedido. E engana-se que pensa que a dificuldade está apenas em dar um belo anel na hora de fazer o pedido. Além disso, o preço deve caber no seu bolso. Pensando nisso, separamos super dicas de como comprar um anel de noivado, vamos a elas.

Como comprar um anel de noivado

Entenda do produto

É importante se familiarizar com os termos utilizados pelos vendedores nas joalherias na hora de compra uma joia. Isso pode eliminar dúvidas e te fazer comprar um produto de qualidade. Sem contar a confiança para conversar com o vendedor e prevenir-se de possíveis espertinhos.

Conheça alguns termos:

Aro

O aro é a parte circular do anel que fica em volta do dedo. Geralmente, é feito de ouro, prata ou platina ou até mesmo de uma combinação de metais. A cor amarela do Ouro natural tende a puxar para o alaranjado e normalmente são feitas combinações com outros metais afim de se fortalecer a joia e aumentar a sua durabilidade. Há que prefira ouro um pouco mais claro ou menos puro como os de 14K ou 10K. Já o “ouro branco” é uma combinação entre o ouro e alguns metais para que sua coloração fique “branca”. Para dar uma aparência mais prateada e brilhante, geralmente é revestido por ródio que, por sua vez,  se desgasta com o tempo, mas a maioria dos estabelecimentos oferecem o reparo do revestimento de forma gratuita para joias vendidas por ele.

Também temos a platina que é dura, forte e naturalmente prateada, mas se desgasta com o tempo e uso, perdendo a aparência espelhada, o que não é necessariamente um problema.

Cravação

É amaneira como a pedra estará conectada ao aro. A cravação pode ser prolongada ou invisível. Alguns anéis utilizam cravação combinada, que nada mais é do que uma cravação de platina (garras) com o aro de ouro. Isso vai dar um aspecto mais sofisticado, gerando um contraste entre o fundo dourado e a transparência do diamante sobre a platina. A cravação mais segura é a cravação inglesa (onde um aro de metal suporta da pedra), mas também temos a cravação com pelo menos seis garras, que são indicadas para uso diário ou em atividades que exigem maior resistência.

Pedra

A pedra é o que caracteriza o anel.  Geralmente um diamante, deve ser levado em conta o gosto da pessoa que o receberá. Avalie se o anel com aquela pedra se encaixa na personalidade dessa pessoa. E pense também que, se for ser usado em um anel de ouro, um diamante mais claro (e quanto mais claro e maior, mais caro) ficará com um aspecto amarelado, o que pode não ser legal e ninguém quer desperdiçar dinheiro, não é mesmo?!

Escolha uma joalheria respeitada

A ideia é você entender que mais caro não significa melhor. O local onde essa joia tão especial será comprada vale muito. Pense que joias precisam de ser compradas com certificados, registro em alguns casos e o estabelecimento deve ser registrado para te oferecer todos os seus direitos de consumidor como nota fiscal, garantia etc.

Pedir recomendações sobre boas joalherias a amigos ou familiares casados é uma boa ideia.

Uma loja online também pode ser uma boa opção para a escolha do anel. Uma das vantagens é não ter a pressão dos vendedores (muito embora uma boa loja física também não deva pressionar os clientes). Tenha a certeza de estar comprando em uma loja de alta reputação e que possua segurança (Aquele HTTPS) para o comprador. Pesquise sobre a loja no e-bit.

Outro detalhe é combinar o anel de noivado com o anel do casamento. Pense nisso e planeje uma combinação bonita para que os anéis possam ser usados juntos.

Descubra as preferências da sua namorada

Essa parte é a grande dificuldade dos homens na hora de fazer uma surpresa às futuras esposas! Veja algumas dicas para descobrir as preferências delas.

Pergunte a ela sobre anéis em geral. Se você passar em frente a alguma joalheria, finja estar interessado em algum relógio ou pulseira e faça um comentário desinteressado sobre algum anel. Se você tiver cuidado, ela nem vai notar!

Você também pode comentar com ela sobre o anel que alguém está usando, é uma boa opção.

Se você tiver liberdade, pergunte a alguma amiga dela. As amigas tem transito livre para perguntar isso, principalmente ao passar perto de algum estabelecimento em um shopping, por exemplo.

E não se esqueça de considerar os gostos dela. Pense nas roupas, nas joias que ela tem, além de vincular essas informações à personalidade dela.

Você vai conseguir!

Faça um planejamento financeiro.

A menos que isso não te preocupe, planeje. Quando for comprar o anel tenha em mente o seu limite de orçamento e as formas de pagamento possíveis para você. Dessa forma você poderá ajudar o vendedor a lhe oferecer o melhor que ele tem dentro do seu orçamento. Planeje pois, afinal, você ainda terá um casamento pela frente!

Cheque a praticidade do anel

Lembre-se que quanto mais alta estiver a pedra, maiores as chances de engatar em roupas, equipamentos, e no cabelo. Se a sua namorada faz muitas atividades, pense em uma cravação baixa, um anel mais compacto que não a incomode nas tarefas dela. Se ela for mais vaidosa ou valorizar moda e aparências, opte por uma cravação mais alta.

Considere e avalie a durabilidade

A durabilidade do anel é um ítem de extrema importância a ser avaliado, já que as atividades diárias podem desgastá-lo. Se ela trabalha em escritório o papel pode prejudicar e comprometer o anel, pois age como um abrasivo suave em anéis de ouro. Se o seu orçamento permitir, opte pela platina. Ela é mais resistente que o ouro. Titânio e aço também são resistentes, mas o ouro é geralmente mais bem trabalhado e delicado.

Entenda sobre os diamantes

Diamantes são tradicionalmente escolhidos para os anéis de noivado porque são resistentes e combinam com tudo. Só escolha outra pedra caso você tenha certeza que sua namorada ama muito mais essa pedra ou odeia fortemente os diamantes. Na hora de escolher o diamante, atente para o seguinte:

Quilate (carat ou ct): É a unidade de medida do diamante referente ao peso. Cada quilate equivale a 100 pontos e pesa 0,2 gramas. Um diamante de 1 quilate é considerado de bom tamanho para um anel de noivado.

Cor: A cor do diamante varia bastante e a maioria das pessoas prefere um diamante mais claro. As cores vão de D (diamantes mais claros e raros) a Z (amarelados). Os diamantes com cores até I (letra i) são considerados bons, pois apresentam cores quase idênticas quando colocados nos anéis.

Claridade: Quanto menos imperfeições o diamante tiver, melhor a claridade e mais luz é refletida pelo diamante, fazendo com que ele brilhe mais. Naturalmente, quanto mais claro ele for, mais raro e mais caro será.

A escala usada para mensurar a claridade é: F1, VVS1, VVS2, VS1, VS2, SI1, SI2, I1, I2 e I3. Sendo I3 o de menor qualidade e F1 um diamante sem imperfeições.

Os diamantes geralmente são ampliados 10 vezes para se observar suas imperfeições. Assim, até o VVS1 e VVS2 têm imperfeições difíceis de serem vistas a olho nu. Isso significa que existe uma grande variedade de diamantes até para os orçamentos mais modestos. No entanto, preste bastante atenção caso a imperfeição possa ser vista a olho nu. A cor e a localização da imperfeição podem afetar a aparência do anel. Para ter uma segurança maior, olhe o diamante com a “lupa” mesmo que pretenda comprar um diamante mediano.

Corte/Lapidação: Existem várias maneiras de fazer a lapidação, que interfere diretamente no brilho do diamante. A lapidação que produz o efeito mais brilhante é a redonda (ou brilhante), enquanto que a “radiante” e a “princesa” são boas para esconder imperfeições. Outros cortes incluem os formatos: esmeralda, oval, pérola, navete, coração, retangular, triangular e asscher. O formato oval é melhor para pedras largas e parece maior que o redondo. Um corte de boa qualidade é mais importante que o peso, claridade ou cor. Isso acontece porque como o diamante reflete e dispersa a luz que recebe, se ele for lapidado no ângulo errado (muitas vezes numa tentativa de não diminuir o peso), ele não vai brilhar tanto quanto um diamante de menor qualidade lapidado perfeitamente. Peça ao vendedor imagens de alta qualidade ou diagramas que descrevam o diamante, especialmente se você está comprando pela internet.

Decida baseado na beleza do anel

Após analisar custo, durabilidade e praticidade, não se esqueça de analisar o quão bonito o anel é. Pense na alegria, na grata e inesperada surpresa de receber um presente desses. Por isso, lembre: um anel de noivado não é qualquer anel.

Compre o anel e faça o pedido!

Pegue-o pouco antes de pedir a mão dela. Assim você evita ter que esconder o anel. Considere a compra de um seguro para o anel, especialmente se ele for caro. Peça um certificado de autenticidade e uma garantia. Feito isso, faço o pedido!

Como comprar um anel de noivado

 

Dicas úteis de como escolher um anel de noivado:

  • Só compre anéis que ofereçam garantia.
  • Não se deixe enganar caso digam que ouro branco ou paládio são iguais a platina.
  • Não se esqueça de checar o tamanho do anel dela.
  • Pesquise sobre a loja antes de comprar. Muitas lojas em centros comerciais oferecem joias de baixa qualidade e você pode acabar levando um golpe.