Homem encontra diamante raro: entenda!

homem-encontra-diamante-raroimagem: epoca.globo.com

O Parque Estadual Crater of Diamonds é um parque estadunidense voltado à busca de diamantes. Por praticamente R$ 50, todos os interessados podem embarcar na aventura e tentar tirar a sorte grande. E foi neste lugar, situado em Arkansas, que o cidadão Kevin Kinard encontrou um diamante de 9 quilates no último 7 de setembro.

O homem de 33 anos, que fazia uma visita com amigos, diz que pensava ter encontrado vidro. Suas visitas ao parque eram frequentes desde a infância, mas ele nunca havia obtido sucesso. Então, foi apenas este ano que a sorte mudou para o seu lado: “Sinceramente, chorei quando me contaram. Fiquei em choque”, conta.

Como aconteceu a descoberta

Embora não soubesse da notícia no momento, Kevin submeteu sua pedra a uma rápida avaliação no Diamond Discovery Center (departamento de análise do parque). Lá, os profissionais descobriram que o “vidro” encontrado era realmente um diamante, de 9,07 quilates. O segundo maior já encontrado no local!

O superintendente do parque falou sobre, apontando que as condições para a descoberta eram favoráveis no momento. “A equipe do parque arou a área de busca em 20 de agosto, poucos dias antes da tempestade tropical Laura, que trouxe muita chuva para a região. O sol estava alto quando o Sr. Kinard visitou o parque, e ele andou no caminho certo para notar a luz refletindo na pedra”, afirma.

Já pensou se isso acontecesse com você?

O surgimento do Parque Estadual Crater of Diamonds nos EUA

Bom, agora que já conferimos essa grande e inesperada descoberta, que tal aprender mais sobre o Parque Estadual Crater of Diamonds e sua história? Vamos descobrir um pouco mais sobre esse santuário e como ele surgiu!

A princípio, a cidade de Murfreesboro no Arkansas aparenta não ter nada de especial. Mas o município, que conta com uma população menor que 2 mil habitantes, atrai mais de 120 mil turistas todos os anos! Tudo isso apenas por conta do parque estadual localizado em suas dependências, o Crater of Diamonds.

O grande sucesso se dá por um vulcão inativo de 95 milhões de anos, cujas pedras preciosas atraíram colonizadores que queriam lucrar. Assim, a primeira descoberta ocorreu em 1906, tornando a cidadezinha conhecida mundialmente por sua abundância de diamantes. Na verdade, o Parque Estadual Crater of Diamonds é o único no território estadunidense a permitir essa “caça aos diamantes” por parte do público. Incrível, não é mesmo?

Como acontece a “caça aos diamantes”

Imagine sair para passear com a família, sem expectativas, e voltar para casa com um diamante raríssimo! É isso mesmo que pode acontecer se você um dia visitar o Parque Estadual Crater of Diamonds, nos EUA. Em média, 1 ou 2 diamantes são encontrados diariamente nos territórios do parque.

Além de se divertir com a procura, os visitantes que encontram de fato algum diamante podem levá-lo para casa. Antes disso, basta deixar a pedra com o centro de análise, Diamond Discovery Center e, então, aguardar a sua confirmação.

A princípio, o processo para encontrar os diamantes é um tanto quanto trabalhoso: o garimpo é a melhor chance para tal. É possível alugar equipamentos do parque, como peneiras, baldes e pás, lavando e peneirando o solo várias vezes. Também há a possibilidade de encontrar uma pedra na superfície ou no chão, como foi o caso de Kevin.

É assim que o parque, com mais de 75 mil diamantes encontrados até hoje, se tornou um grande fenômeno para quem deseja passar um dia ao ar livre. Ainda mais com a chance de levar uma grande riqueza para casa!

Esperamos que você tenha gostado de conhecer este local, no sudeste dos Estados Unidos. Quem sabe um dia você também se aventure em uma busca por diamantes? Então, já que estamos falando sobre essas pedras preciosas, confira também a importância da cor dos diamantes!