Quais os tipos de ouro: conheça os principais

Você já chegou a comprar uma peça de ouro mas não sabia ao certo a pureza do material? Ou, ainda, ficou confuso em relação ao tipo do ouro no que diz respeito à sua coloração? Quando falamos dos tipos de ouro existentes na natureza, há diversas categorias a serem discutidas.

Porém, dentre elas, é importante conhecer principalmente sobre o teor e a coloração do ouro. E é por isso que, hoje, vamos conversar um pouco sobre esses dois assuntos, e te ensinar tudo o que você precisa saber.

Para descobrir, basta continuar acompanhando!

A pureza do ouro: teor do metal

Você com certeza já ouviu falar sobre o teor do ouro. Basicamente, ele determina o quão puro é o ouro, e pode ser indicado por quilates ou porcentagens.

O ouro que apresenta 75% de pureza, por exemplo, possui 25% de outros materiais em sua composição. Quando o ouro é puro ou fino, possui 100% de teor de ouro.

Existem alguns tipos de quilates diferentes, que indicam o teor do ouro e quanto de outros materiais metálicos estão presentes em uma peça.

O que são quilates e como identificar

Para identificar os quilates de uma joia de ouro, por exemplo, é preciso saber quantas partes de ouro há para partes de outros metais.

O teor do ouro é determinado pela razão entre a massa do ouro presente e a massa total da peça, e esse resultado é dividido por 24. Vamos ver um exemplo disso abaixo para que você entenda melhor.

Exemplo:

O ouro 16K (quilates) possui 16 partes de ouro e o restante, 8 partes, é composto por outros materiais. Dessa forma, as 24 partes são compostas por ouro + outros materiais.

Qual o tipo de ouro mais utilizado no Brasil?

O ouro puro, 24K, é muito maleável, não sendo indicado para a fabricação de joias. Isso porque, com um simples toque, o material tem a capacidade de “entortar” e perder sua forma original. Por isso, precisa ser misturado a outros metais para que a liga fique dura e o formato da joia não amasse. Assim, aqui no Brasil principalmente, o ouro 18K é muito utilizado.

Quando vamos indicar o teor do ouro, basta pensar que o ouro puro é 100%. Dessa forma, o 18K é 75% ouro e 25% outros metais. Compreendeu?

Confira os principais tipos de teor do ouro:

  • 24 quilates — ouro puro (99%)
  • 18 quilates — 75% ouro e 25% outros materiais;
  • 16 quilates — 66,6% ouro;
  • 14 quilates — 58,3% ouro;
  • 12 quilates — 50% de ouro.

Existem outras porcentagens, porém hoje falamos mais sobre os teores comerciais do ouro. O mais comum é 18K, sendo que é praticamente impossível encontrar o ouro 24K na natureza de forma 100% pura.

Quais as tonalidades do ouro?

Além do teor, é possível segmentar os tipos de ouro de acordo com as suas tonalidades. Existem diversos tons de joias em ouro no mercado, que são influenciados diretamente pela porcentagem de ouro e outros materiais da joia.

Isso porque não existe ouro branco, negro ou rosa na natureza, sua coloração natural é a amarela. Assim, para comercializar o ouro em outras cores, são feitas misturas entre os metais, o que se chama de ligas metálicas.

Hoje, vamos conhecer os tons mais comuns, como as misturas podem ser feitas e como diferenciá-los!

Principais colorações do ouro

Normalmente, quando falamos da coloração do ouro, as misturas são realizadas com 75% de ouro puro (amarelo). A partir daí, é possível misturá-lo com cobre, prata, paládio, entre outros metais, dando novas tonalidades ao ouro tradicional.

Ouro amarelo

Esse é o ouro tradicional, cor mais escolhida pelo consumidor para anéis de casamento, pulseiras e colares em geral. Sua liga metálica é composta por 75% de ouro, 15,0 % de prata e 10,0%cobre.

Ouro branco

Quando usado paládio em sua composição, o ouro branco costuma sair mais caro que o amarelo. É a aposta de muitas pessoas que desejam joias mais distintas, sobretudo o público feminino. Sua liga é, normalmente, composta por 75% de ouro e 25% de paládio e prata.

Ouro rosé

O ouro rosé proporciona mais delicadeza à joia, e costuma ter muita procura do público feminino, o que traz valor às peças. Sua liga é composta por 75% de ouro, 22,25% de cobre e 2,75% de prata.

É importante destacar que o Ouro pode ter a sua cor e teor alterada com a utilização de ligas industriais pré fabricadas. Assim, há também outras colorações de ouro no mercado.

Conclusão

Tanto em relação ao teor quanto à coloração, é importante conhecer e avaliar suas opções antes de escolher a sua peça de ouro. Por esse motivo, esperamos que você tenha compreendido este conteúdo e utilize-o para saber em que joias apostar.

Em outro artigo, falamos sobre a cotação do ouro hoje e a influência da pandemia. Então, para descobrir ainda mais sobre o ouro e a sua importância, leia nosso post na íntegra clicando aqui. Uma boa leitura e até a próxima curiosidade!