Qual a diferença entre joia e semijoia?

Você já se perguntou qual a diferença entre joia e semijoia? Apesar de muitas vezes parecerem idênticas, o valor e a composição desses dois tipos de peças são bem diferentes. O que, assim, torna necessário um conhecimento mais profundo sobre o assunto. Afinal, a aparência muitas vezes é insuficiente para descobrir sobre a fabricação do material propriamente dito.

Para você saber como escolher a sua joia ou semijoia, sabendo como diferenciá-las, trouxemos algumas informações principais. Assim, continue acompanhando para descobrir as peculiaridades de cada uma delas!

Principais diferenças entre joia e semijoia

Joia

joia

Sendo composta 100% por um metal nobre, como a prata ou o ouro, a joia é considerada mais fina e rebuscada que a semijoia. Por isso, seu valor de mercado costuma ser bem maior.

A durabilidade da joia também é mais prolongada, devido ao acabamento da confecção, que costuma ter uma qualidade superior. Joias podem durar por muitos anos e não sofrerem com a ação do tempo, o que ocorre com semijoias e bijuterias, por exemplo. Além disso, o mercado possui marcas que fabricam joias exclusivas ao redor do mundo inteiro, o que aumenta a diversidade de opções.

Muitas vezes, as joias contam com pedras preciosas em sua fabricação, o que valoriza ainda mais o seu poder de mercado.

Semijoia

semijoia

A semijoia, por sua vez, é feita de um material não nobre. Ela pode ser banhada ou folheada por compostos nobres, recebendo finas camadas de outro metal em sua estrutura.

Por ser composta apenas por uma quantidade pequena de metais nobres, o preço da semijoia costuma ser muito inferior ao de uma joia. A diferença entre a semijoia banhada e a semijoia folheada é que a primeira recebe quantidade considerável de material. E nem precisa ser apenas o ouro, mas também a prata. Enquanto, por outro lado, a folheada recebe apenas uma fina camada do mesmo metal.

Geralmente, as semijoias têm um ótimo custo-benefício, à medida que podem ter a aparência muito semelhante à da joia em si, e com preço bem mais baixo.

Qual escolher: joia ou semijoia?

Muitas dúvidas podem ter surgido na sua cabeça agora; qual material devo escolher? Afinal, devo contar com as semijoias, que têm um preço mais acessível, ou arriscar na compra de uma joia de ouro, por exemplo?

Na verdade, não existe uma resposta correta. Tudo depende dos objetivos da sua compra, se você procura por maior durabilidade ou apenas quer compor um look sem gastar muito. Antes de fazer a sua escolha, basta se questionar sobre os seus próprios motivos e do que você realmente necessita. Assim, não haverá arrependimentos ou gastos desnecessários que prejudiquem a sua saúde financeira.

Outra dica para diferenciar a joia da semijoia é conferir o certificado de onde ela foi comprada. Lá, há especificações sobre o teor do ouro, se for uma joia, e sobre o banho/folheado do ouro, quando for uma semijoia.

Conclusão

Neste texto, você compreendeu a diferença entre joia e semijoia. Agora, basta escolher as peças que melhor se adequam ao seu dia a dia e compor os seus melhores looks!

Aqui na Compro Ouro BH, nós temos experiência de mais de 15 anos na venda de ouro. Assim, se você deseja vender a sua joia de ouro, seja para ganhar dinheiro rápido ou se desfazer de uma herança de família, pode contar conosco para as soluções mais discretas e sigilosas. Contate-nos em nosso site ou no WhatsApp para mais informações.